Blog

Para consumidores, redes sociais não são canal de relacionamento com marcas

Clientes preferem meios tradicionais como boca a boca ou sites institucionais para interagir

Os consumidores não enxergam as redes sociais como o principal canal de relacionamento com as marcas. É o que indica o estudo Liminal, realizado pela agência digital Razorfish. O grande erro das empresas seria acreditar que basta a participação nos meios digitais para assegurar um engajamento com os consumidores. O levantamento afirma o contrário. Meios como os sites institucionais e o boca a boca seriam os mais procurados quando os clientes pretendem se relacionar com as marcas.

Quantas pessoas são necessárias para manter uma empresa na internet?

A Internet possui centenas de sites, serviços e softwares que são usados por bilhões de usuários em todo o mundo. Mas em meio a esse universo digital, os usuários não tem tempo sequer de pensar em quem são os guerreiros responsáveis por manter toda essa montanha de diversão e informação funcionando.

Para quem pensa que abrir uma empresa e desenvolver negócios para a Internet é um caminho impossível, talvez seja a hora de rever alguns conceitos. Há diversos exemplos de empresas enormes que começaram com apenas um funcionário (o próprio fundador) e transformaram-se em gigantes de tecnologia e Internet, como a Microsoft e o Google. Duvida? Então veja quantos funcionários trabalham em algumas das mais famosas empresas de serviços muito populares na Web:

Os portais corporativos estão em xeque

Na atualidade, as possibilidades de acesso à informação digital conectada diferem diametralmente do início da internet. A transformação relevante na forma de consumir conteúdos está acontecendo ao longo dos últimos dez anos. A introdução dos bancos de dados na base de servidores da web e a evolução dos dispositivos móveis alteraram toda a configuração de acesso do usuário ao conteúdo digital. Assim, muitas estratégias empresariais na web, como a produção e manutenção de um Portal Corporativo, estão sendo revistas como estratagema de comunicação.

Agregador usa robô e algoritmo para listar ofertas de compras coletivas

Em operação desde o fim de janeiro, Comune aposta na tecnologia para trazer conteúdo relevante e quer se abrir para a opinião do consumidor.

Um agregador de ofertas online com critérios, capaz de reunir apenas o que for mais atraente. É o que promete o Comune, site criado pela empresa de mesmo nome e que, por meio de um software-robô, se propõe a reunir as melhores ofertas dos sites de compras coletivas do Brasil.

Por que as compras coletivas estão em alta no Brasil?

compras-coletivas

Este tipo de serviço, basicamente online, vem ganhando força nacional e atrai cada vez mais empreendedores. Entenda suas nuances e riscos.

Desde o início de 2010, as compras coletivas online tem se mostrado um negócio em expansão no Brasil..Este modelo, baseado em uma ação de marketing, explora preços baixos, produtos de alta qualidade e tempo finito para uma promoção.

Imagine Comunicação Digital

Av. Treze de Maio, 1116, Sala 1901, Fátima | CEP: 60040-530 | Fortaleza - CE - ver no mapa | Google+

Telefone: +55 (85) 3032-9525 | Email: atendimento@imagineseusite.com.br | Siga nas redes:

© Imagine Comunicação Digital